Os cuidados de que sua pele precisa

A pele é o órgão que mais sofre com os agentes externos do meio ambiente, como poluição, sol e vento. Anna Paula Nardi, dermatologista do Grupo São Cristóvão Saúde, deu dicas espertas para uma pele bonita e bem cuidada

Júlia Arbex 30/05/2018 - 17:19

Os cuidados de que sua pele precisa

Cada pele é única

Para cuidar direitinho do rosto, saiba identificar o seu tipo de pele:

NORMAL

A pele nem é muito seca nem muito oleosa. Os poros são finos, há boa circulação sanguínea, textura aveludada, suave e lisa, e a cor é rosada e sem manchas.

SECA

Há pouca produção de lipídeos, que são necessários para reter a umidade e construir um escudo protetor contra influências externas. É classificada em níveis:

Pele seca: levemente seca, apresenta sensação de rigidez, aspereza e tonalidade mais opaca.

Pele muito seca: leve descamação ou área escamosa, aspecto áspero e manchado, e sensação de rigidez.

Pele extremamente seca: aspereza, rachaduras, descamação e coceira.

OLEOSA

Alta produção de sebo. Os poros são visíveis, possui brilho excessivo, deixando a pele grossa e pálida.

MISTA

Apresenta a zona T (testa, queixo e nariz) oleosa e com algumas lesões de cravos. Já nas bochechas a pele varia de normal a seca.

Rotina de beleza

Para evitar o acúmulo de oleosidade, resíduos de maquiagem e poeira, e também o aparecimento de cravos e espinhas, o ideal é limpar o rosto pela manhã e à noite. Além da limpeza, é importante tonificar. “O tônico deve ser utilizado uma vez ao dia para ajudar a remover os traços de óleo, sujeira e maquiagem que o sabonete não consegue limpar e, ainda, preparar a região para receber outros produtos, como filtro solar e hidratante. Portanto, depois de lavar o rosto, é fundamental aplicar o tônico.”

O melhor sabonete para você

Pele normal: não exige nenhum cuidado específico, mas o sabonete deve conter hidratantes como alantoína, cânfora, hamamélis e própolis.

Pele oleosa: deve-se intensificar a limpeza e suavizar a hidratação. A melhor opção são os sabonetes adstringentes, que garantem a limpeza e hidratação. Os produtos à base de ácido salicílico, enxofre, sulfacetamida sódica, própolis e hamamélis são ótimos.

Pele seca: precisa suavizar a limpeza e intensificar a hidratação. Por isso, o produto deve ser à base de manteiga de karité, óleo de amêndoas, extrato de semente de uva, lactato de amônia e laurisulfato.

Maquiagem: melhor amiga ou vilã?

Mas não adianta nada tomar todos esses cuidados para, no final do dia, não retirar a make do jeito certo. Por isso, veja o passo a passo para deixar o rosto limpinho!

1º: pré-remoção: antes de aplicar qualquer produto para a remoção é recomendado fazer uma higienização com lenço umedecido. Ele ajuda a retirar o excesso de maquiagem.

2º: o demaquilante é essencial para remover maquiagem. Escolha a melhor opção para você (creme, líquido, lenço) e de acordo com o seu tipo de pele (seca, oleosa ou mista). Na área dos olhos, o ideal é usar um produto próprio.

3º: a máscara de cílios é um dos produtos de maquiagem mais difíceis de retirar. Portanto, é necessário passar um algodão levemente umedecido. Com ele, faça movimentos de cima para baixo e, depois, use um demaquilante para uma limpeza mais eficaz. Se o produto for à prova d’água, escolha um à base de óleo.

4º: lave o rosto com água fria para fechar os poros e ativar a circulação.

5º: passe um tônico ou adstringente ideal para o seu tipo de pele.

6º: por último, utilize um creme para a área dos olhos (redutores de olheiras ou antirrugas) e um hidratante para a pele.