Sérum x creme facial

Conheça as diferenças entre os dois produtos e eleja o seu favorito

Diane Neubüser 23/02/2018 - 16:00

Creme encorpado ou sérum fluido? O mais agrada você?

Sérum

Para que serve?
Alisa rugas, devolve a firmeza do rosto, hidrata e deixa a pele iluminada. Melhor: os resultados são visíveis na primeira aplicação!

Para quem serve?
Apesar de não ter contraindicação, é ideal para quem tem pele mista, oleosa ou sofre com acne. Ele tem base aquosa e absorção rápida, por isso não obstrui os poros nem deixa a pele grudenta.

Quanto aplicar?
Quando consistente, dois pumps são suficientes. Em soluções líquidas use três ou quatro gotas. Aplique pela manhã e à noite.

Como aplicar?
Com os dedos lambuzados de sérum, toque todo o rosto, pescoço e colo, sem esfregar. Pressões em ventosa, com os dedos em formato de conchinha, garantem absorção profunda e potencializam o resultado do tratamento. Repita o movimento seis vezes em cada ponto de aplicação.

Creme facial

Para que serve?
É a melhor opção em termos de hidratação, e existem versões enriquecidas com componentes anti-idade e de proteção solar. Ele repara danos causados por agentes externos, como calor e poluição, que prejudicam a oleosidade natural que protege a pele.

Para quem serve?
As versões clássicas são indicadas para pele seca. Quem tem problemas com oleosidade deve procurar versões oil free.

Quanto aplicar?
Uma bolinha de tamanho equivalente a uma ervilha, após a limpeza facial ou sempre que sentir a pele ressecada.

Como aplicar?
Faça movimentos suaves e curtos, sempre de baixo para cima, incluindo o colo, pescoço e rosto. A gravidade já se encarrega de fazer pressão para baixo, então a intenção é fazer o movimento contrário.