Mais madura, Carol Oliveira confessa: "Gosto de inspirar as pessoas"

Após filmar 'Eu, Nirvana', a atriz conta como sua personagem lhe ajudou a enfrentar a vida

Por Tainá Goulart 04/03/2018 - 16:00

Carol Oliveira

Ao se olhar no espelho, em junho do ano passado, Carolina Oliveira, 23 anos, quase não reconhecia a imagem que via. Com sete quilos a menos e uma aparência desleixada, a atriz filmava Eu, Nirvana, filme do cineasta Roger Elarrat, 36, no qual interpreta a protagonista, Nirvana, que fica em coma e acaba desenvolvendo esquizofrenia.

“Foi um dos trabalhos mais densos e difíceis que eu já fiz. Eu sou vaidosa, gosto de me cuidar, e fazer a Nirvana foi um processo de desconstrução total. Amadureci demais e percebi que, hoje, quando interpreto, sou mais consciente das minhas ações do que era quando eu comecei”, conta ela, que, além do longa filmado em Belém, no Pará, também estará em mais duas obras: Encantados, de Tizuka Yamasaki, 68, filmado quando Carol tinha 15 anos, e Amor Assombrado, de Wagner de Assis, de 2017, todos com estreia prevista para este ano. “Sou daquelas que tenta não levar trabalho pra casa, mas em Eu, Nirvana não dava mesmo. Fiquei tensa por um bom tempo, mas consegui voltar à minha rotina e alimentação com calma”, afirma a atriz, que faz questão de compartilhar sua vida com seus quase 730 mil seguidores no Instagram.

E é na rede social que Carol tem vivenciado outro tipo de amadurecimento pessoal. “Gosto de compartilhar e inspirar as pessoas que me seguem, mas descobri outro benefício do Instagram (risos)! Estou usando muito para me expressar e até desabafei sobre uma pessoa que me magoou. Sempre fui muito reservada, porém, decidi experimentar e deu certo. Me senti aliviada depois que falei e muitas pessoas vieram conversar comigo”, conta Carol.