Como saber que um cão está estressado?

O estresse em animais é muito mais comum do que imaginamos

Texto: Patrícia Oliveira, adestradora e franqueada da Cão Cidadão 01/09/2017 - 13:54

Como saber que um cão está estressado?

O estresse é uma doença muito comum de ser diagnosticada também em animais. Os cães desencadeiam comportamentos diferentes dos habituais, que se não forem notados e tratados com cautela podem se agravar com o passar do tempo.

Aqui, você vai encontrar alguns comportamentosque podem indicar o estresse em seu cão, mas vale lembrar que essas situações podem ser naturais da personalidade do seu pet. O que devemos observar são os indicadores que apareceram depois de um tempo e têm se tornado frequentes.

1- Latidos excessivos: se um cão está estressado, pode latir ou lamentar demais. O latido pode continuar por um longo período de tempo sem qualquer razão especial e pode ficar bastante incômodo para os membros da família.

2- Movimentos repetitivos: correr atrás do rabo durante um tempo considerável, lamber a pata e muitas vezes se coçar até ferir a pele são sinais de que algo não vai bem.

3- Inquietação: agitação em cães pode ser um sintoma relacionado ao estresse, principalmente se anteriormente seu cão era tranquilo e não tinha muita energia.

4- Comportamento destrutivo: a maioria dos cães tende a apresentar este comportamento para mostrar o seu descontentamento em relação a certas coisas. Também pode significar que o seu cão está tentando sinalizar seu desconforto ou nervosismo em relação a uma pessoa ou outro animal.

5- Queda de pelos: é muito comum que cães estressados comecem a soltar os pelos em grande quantidade, ficando com falhas na pelagem.

6- Letargia: quando seu cão está estressado, pode dormir mais apenas para evitar a ansiedade. Ele pode se recusar a entrar em qualquer tipo de atividade física como brincar ou ir para caminhadas. Ele também pode se recusar a se movimentar dentro da casa e optar por um canto tranquilo para ficar. Em casos extremos, o animal também pode se recusar a comer ou beber água.

Para evitar que seu pet se estresse, passe algum tempo com ele. A falta de contato humano e contato com outros cães pode causar essas reações nos cães.

Proteja o amigo de situações que podem gerar medo e certifique-se de que seu animal de estimação é bem tratado por todos os membros da família.