Dinossauros tinham sangue quente?

Recreio Digital 13/06/2018 - 13:00

dinossauros

Não há certeza sobre isso. Dinossauros evoluíram dos répteis arcossauros, de sangue frio. No entanto, as aves têm sangue quente. Já foram encontradas evidências, como no coração, de que alguns poderiam ter sangue quente; mas também há indícios que mostram o contrário, como a vela nas costas do Espinossauro, na imagem acima, que serviria para controlar a temperatura, captando ou eliminando calor. Portanto, é possível que os grandalhões fossem mesotérmicos, ou seja, usasse estratégias para controlar a temperatura do sangue.

Você sabe quantas espécies de dinos existiram? A gente dá a resposta abaixo. Siga o texto!

É impossível saber o número exato, pois fósseis nunca vistos antes podem ser descobertos a qualquer momento e não há garantias de que todas as espécies de dinos deixaram vestígios para trás. Mas os paleontólogos calculam que cerca de 2.500 espécies existiram durante os 165 milhões de anos da Era Mesozoica.

Consultoria: Luiz Eduardo Anelli (paleontólogo e autor de livros como Dinossauros e Outros Monstros - Uma Viagem à Pré-História do Brasil, Editora Peirópolis).